Blefaroplastia: O que é? Quais os tipos? É muito invasiva? Qual o preço?

blefaroplastia

Com o envelhecimento, a área dos olhos costuma sofrer diversas alterações. A pele dessa região acaba se tornando flácida e o passar dos anos acaba sendo evidente. Para atenuar esse problema, a blefaroplastia visa retirar esse excesso de pele, tornando a aparência dos olhos muito mais jovial.

Nesse artigo falaremos mais a fundo do que é a blefaroplastia, mostrando os tipos disponíveis desse procedimento, tipo de anestesia utilizada e muito mais. Acompanhe:

O que é a blefaroplastia?

A blefaroplastia é um procedimento cirúrgico que visa rejuvenescer a aparência da área dos olhos. Ela corrige problemas como os de excesso de pele, acúmulo de gordura e até mesmo rugas que estejam presentes nessa região.

A cirurgia é realizada mediante a remoção e sutura da pele que esteja em excesso. Podendo ser realizada tanto na parte superior quanto na parte inferior dos olhos, essa, na maioria dos casos, com a remoção além da pele, do excesso de gordura.

antes e depois

Superior

Com o passar dos anos a parte superior das pálpebras acabam caindo, tornando o olhar com uma aparência cansada. A blefaroplastia superior visa remover esse excesso de pele caída e possíveis acúmulos de gordura por meio de uma incisão nessa região.

A incisão, é feita próxima aos cílios se estendendo até a curva da pálpebra, local onde ficará uma pequena cicatriz que só será perceptível quando a pessoa fechar os olhos. Como essa é uma área que possui movimentos involuntários constantes, nos primeiros dias, a pessoa deverá utilizar um curativo por cima dos pontos, prendendo essa área.

Blefaroplastia inferior

A blefaroplastia inferior é semelhante ao procedimento realizado na parte superior dos olhos, contudo, é feito na parte inferior. Geralmente, a parte inferior tende a acumular mais gordura do que a superior e por isso, o procedimento é feito com a remoção dessa gordura e também do excesso de pele.

O cirurgião irá fazer uma incisão horizontal na pele localizada logo abaixo dos cílios, removendo o excesso de pele e retirando a gordura acumulada. Ao final irá fazer a sutura dessas incisões com posterior aplicação de curativo, que deverá ser mantido no local por no mínimo 3 dias.

Qual o preço?

O preço da cirurgia vai variar conforme a extensão do problema e também conforme a área que vai ser realizada, se apenas na superior ou também na inferior. Contudo, pensando no preço das cirurgias plástica, o procedimento costuma possui um valor bastante reduzido. É possível realizá-lo por valores que variam de R$ 2 mil a até R$ 5 mil.

marcação blefaroplastia

Blefaroplastia a laser

A blefaroplastia a laser é uma técnica mais moderna do cirurgia. Por meio do laser de CO2 é realizado o corte da pele enquanto ele vai cauterizando os vasos sanguíneos. Dessa forma, a cirurgia gera menos sangramento e leva a uma recuperação pós-operatória mais rápida.

Além disso, o procedimento a laser gera uma cicatriz muito mais discreta, chegando a ficar imperceptível. A cirurgia leva em torno de 90 minutos e é feita mediante anestesia local com sedação. O valor da cirurgia a laser geralmente fica 50% mais cara quando comparada ao procedimento comum, com corte por bisturi.

Com plasma

Nesse método de cirurgia não é realizado o corte da pele. Portanto, o procedimento se torna menos invasivo e com isso, a recuperação acaba sendo bem mais rápida quando comparado ao aquele em que há a necessidade de realizar cortes.

O blefaroplastia com plasma funciona por meio de um instrumento inovador que ioniza as partículas de gás presentes no ar e acaba formando um arco elétrico na região que ele é aplicado. Dessa forma, os materiais sólidos (gordura e pele) de onde ele é aplicado se transformam em gás, resolvendo o problema de excesso dessas estruturas.

Qual tipo de anestesia é usada na blefaroplastia?

Por ser considerado um procedimento relativamente simples, a cirurgia é realizada na maioria das vezes por meio da aplicação de anestesia local mais sedação. Não sendo necessária a aplicação de anestesia geral em nenhum caso. Essa é uma vantagem dessa cirurgia, pois a anestesia geral oferece mais riscos ao paciente, podendo por vezes, até mesmo levar a óbito.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *